2014

VÍDEOS

“criando imagens em movimento acompanhadas de som sincronizado”

Realizamos a produção do vídeo para a comunicação institucional de caráter artístico, cultural, educativo, técnico, informativo, publicitário, institucional etc.

Abrangência: Televisão ou para os filmes exibidos em cinema, programas de televisão aberta ou fechada.

Alvo: DVD, HD, programas transmitidos para a telefonia móvel, exibição em salas especiais, vídeos disponibilizados na internet.

Segmento: ficção, documentários, de animação ou “live-action”, comerciais, institucionais, educativos, musicais, etc.

Canal de comunicação:

. Sala de cinema, normalmente identificados com a ideia de filme;

. Televisão, contendo o título de programas agrupados, de todos os gêneros e subgêneros.

Utilizamos como critério durante a produção de cada obra a diferença de tamanho entre as telas dos diferentes veículos, devido à ampliação e melhora de qualidade das telas de televisão.

No entanto, sala de cinema e televisão permanecem sendo veículos diferentes para a exibição de cada projeto, proporcionando a visualização coletiva.

Além disso, atingimos os veículos das salas especiais para exibição de vídeos ou em telas de televisão com programação especializada para espaços públicos (ônibus, aeroportos, salas de espera, etc.).

O visor móvel do telefone celular e a integração de todas as telas no computador são também levados em consideração nos nossos projetos.

Nas produções voltadas para a televisão, as grades de programação variam entre uma hora e 30 minutos de conteúdo.

Realizamos a produção dos programas mais longos (para a exibição de filmes, transmissões esportivas, eventos ao vivo, entrevistas, debates, “programas de auditório”, etc.) com duas ou mais horas de duração.

Os programas de televisão podem ser unitários (emissão única) ou em série (emissões múltiplas). As séries podem ser transmitidas em periodicidade diária ou semanal, e podem ser divididas em capítulos (com ordem de visionamento mais rigorosa) ou episódios (emissões parcialmente independentes uma da outra).

No caso da cronologia tradicional da televisão norte-americana, a série dramática em geral é estruturada em 26 episódios de 52 minutos, para serem exibidos semanalmente o período correspondente a uma temporada, podendo ser uma séries de comédia (“sitcoms”) ou de desenho animado com 13 episódios de 26 minutos para cada temporada.

Outra estrutura de tempo são os episódios organizados em 3 a 5 capítulos para as microsséries, até 15 ou 20 capítulos para as minisséries, acima de 100 capítulos para as telenovelas.

No caso da exibição na televisão comercial, a estrutura do filme é dividida em quatro, seis ou até dez blocos.

Realizamos pós-produção de vídeos. A etapa faz parte do processo de filmagem e é a “fabricação” dos programas de televisão, do material de publicidade, dos vídeos e da arte digital.

A pós-produção é composta por muitos processos. Estes tipicamente incluem: A edição do filme ou do programa de televisão; Escrita e (re)gravação de diálogo ou narração;  trilha sonora; efeitos visuais (VFX) gerado por computador (CGI) e cópias digitais, utilizando as tecnologias de cinema digital; Design Sonoro; gradação de cores; ADR (Automatic Dialogue Replacement), Foley; Música; Som de Re-gravação ou mixagem.